Cozinha: 7 erros que você deve evitar

3 de fevereiro de 2021
capa
3557
Views

Você sabe quais são os erros mais comuns na organização da cozinha? Saber disso é tão essencial quanto saber dos acertos. Confira dicas especiais para corrigir 7 erros na organização da cozinha.

A cozinha é um ambiente da casa em constante transformação. Nela, preparamos e consumimos refeições diárias e nos reunimos com pessoas queridas em momentos especiais. Assim, a organização da cozinha, que é o coração da casa, se torna essencial para o nosso bem-estar.

No entanto, por maior que seja o espaço de sua cozinha, existem alguns fatores que devem ser bem pensados e planejados no momento de decorar e organizar a cozinha

A organização da cozinha só faz sentido se traz funcionalidade para o seu dia a dia. Por isso, é importante pensar em todos os hábitos da família em relação ao uso da cozinha – se os copos de água são utilizados todos os dias, por exemplo, eles podem ficar próximos ao filtro de água e devem estar em um lugar de fácil acesso. Não adianta colocá-los lá na última prateleira do armário de cozinha.

Você sabe de fato como organizar a cozinha? Existem alguns erros de organização da cozinha que talvez você cometa diariamente e que acabam deixando seu dia a dia um pouco mais complicado e bagunçado. 

Combo Cozinha Master
Mantenha seu armário sempre organizado com produtos aramados.

Uma eficiente organização da cozinha amplia espaços e proporciona facilidade. Por isso, descubra aqui aqueles erros que você deve evitar para tornar sua cozinha muito mais funcional e aproveitá-la ao máximo.

1. Arrumar, mas não organizar a cozinha

Às vezes, é necessário fazer uma faxina geral, a chamada limpeza sazonal, para alinhar a organização da cozinha. Algumas dicas podem ajudar a alcançar uma organização mais duradoura e eficiente, de modo que sua cozinha não volte a ficar bagunçada dali uma semana.

Outro fator determinante para a eficiência da sua organização de cozinha é compreender, afinal, a diferença entre arrumação e organização. Você acha que são a mesma coisa? 

A arrumação é aquela geral que damos em casa, cujo objetivo é estético, deixando o cômodo rapidamente agradável. Organizar é se dar conta de tudo aquilo que você tem e selecionar o que é pertinente para o seu dia a dia, criando soluções práticas e otimizando espaços.

Kits organizadores de Cozinha
Organize seu armário, assim você evita que o ambiente fique visualmente poluído.

Organização é basicamente um processo que consiste em tirar tudo do lugar e ajeitar do zero, descartando o que não serve mais, mantendo apenas o que tem utilidade e gerenciando novos locais para armazenamento.

Leia também: Guia prático da organização: como manter a casa organizada

Conhecer essa diferença entre arrumar e organizar é o primeiro passo para não cometer mais erros na organização da cozinha. Quanto mais você arrumar em cima de outras arrumações, mais coisas vai colocar dentro dos armários – a bagunça nunca acaba por completo. 

Por isso, você inicialmente precisa realizar o ciclo completo da organização para depois arrumar os itens no dia a dia, como uma ação complementar, ou seja, um hábito:

  • Comece pelo descarte: mantenha somente o que te faz feliz (método KonMari) ou tem extrema utilidade na sua rotina e direcione os outros itens que devem ser doados ou descartados. Seja consistente para não mandar o seu esforço todo por água abaixo – é hora de desapegar dos vários jogos de panela para manter somente o que você usa.
  • Estude a sua rotina de uso: nem sempre nós colocamos as coisas nos lugares mais adequados de acordo com nossos hábitos, por isso tente se desprender da sua arrumação atual para fazer um novo gerenciamento do espaço. Pense sobre os locais mais práticos para organizar cada objeto.
  • Planeje os espaços: mesmo que você tenha decidido organizar as tampas dentro do armário, por exemplo, você ainda precisa gerenciar o espaço interno. Ou seja, decidir qual prateleira é a mais adequada, quais objetos ficarão agrupados,se existem organizadores capazes de otimizar o espaço.

Leia também: Mania De Arrumação: os melhores conselhos de Marie Kondo 

2. Guardar objetos que não usa achando que vai precisar um dia

Essa é a fase de reconhecer seus apegos e maus hábitos para transformá-los. Você já sabe que arrumar significa apenas mudar os objetos de lugar (do escorredor para o armário, por exemplo), enquanto organizar significa abrir mão do que você tem em excesso, mantendo estritamente o necessário, além de estudar a rotina e gerenciar espaços. Ou seja, é primordial que você descarte objetos.

É comum ficar com uma sensação de perda quando você se depara com um item que não usa e automaticamente seu cérebro manda o gatilho: e se eu precisar disso no futuro?

Se você não se lembra da última vez que usou ou não consegue citar uma ocasião futura concreta em que o objeto poderá ser útil: é um erro continuar guardando! O objeto só vai ocupar espaço na organização da cozinha e você provavelmente nunca usará.

Corrija esse erro com a lei do desapego: faça check-ups frequentes do que possui. O desapego libera espaço na organização da cozinha, fazendo com que seus objetos caibam de maneira mais ordenada em seus lugares – será que você precisa mesmo de todos aqueles jogos de jantar, sendo que utiliza somente um?

Após a limpeza, é hora de começar a se livrar dos excessos. A organização da cozinha fica muito mais fácil se você tiver por perto somente aquilo de que vai precisar.

Alimentos com a validade vencida ou que não estiverem bons para o consumo devem seguir para a lixeira. O mesmo vale para utensílios quebrados ou que possuem substitutos mais práticos. Elimine o que não serve!

Combo Cozinha Lite
Com poucos itens você consegue organizar seu armário de cozinha.

3. Organizar a cozinha por critério de beleza e não de funcionalidade

É claro que uma cozinha bonita, ou seja, uma cozinha organizada esteticamente é o que todo mundo deseja. Mas você já parou para pensar se essa organização é funcional para o seu dia a dia?

Às vezes, deixamos na parte da frente do armário da cozinha aquilo que não utilizamos com frequência. Essa atitude é contra produtiva: o correto é deixar itens utilizados no dia a dia mais acessíveis – não adianta, por exemplo, deixar seu liquidificador lá em cima do armário se você o utiliza diariamente.Como explicado no Passo 1 – Arrumar, mas não organizar, estude a sua rotina. Você precisa mudar o critério para organizar a cozinha – decorar também é criar um padrão organizado dos objetos de maneira personalizada, ou seja, de acordo com seus hábitos! Assim você consegue unir estética e funcionalidade.

4. Não fazer um plano de organização

No fim das contas, organizar de verdade depende de uma lógica. Não adianta sair pela casa jogando tudo fora e limpando aleatoriamente: sem um bom método para organização, sua casa ficará bagunçada de novo e mais rápido.

Antes de abrir o armário da cozinha e começar a tirar os objetos, se questione: Quem utiliza esse espaço? Qual é a função de cada objeto? Por que a cozinha está tão desordenada? Eu realmente preciso de tudo isso? Segundo Marie Kondo, autora do best-seller A Mágica da Arrumação, você precisa manter em casa somente os objetos que tragam alegria. 

Depois, basta determinar o lugar certo de cada objeto e manter sempre lá. A partir disso, a organização – sobretudo a organização da cozinha – funcionará somente com uma manutenção, sem a necessidade de grandes arrumações diárias, economizando seu tempo a curto e longo prazo.

Quer mais dicas para um plano de organização da cozinha eficaz? Na despensa ou armário, por exemplo, os alimentos pouco usados, como sacos extras de farinha, arroz e açúcar, ficam em prateleiras mais altas. 

Em nichos ou prateleiras, organize os itens por tamanho, prezando a visibilidade: maiores atrás e menores na frente. Tudo o que for usado com frequência fica no meio, ao alcance das mãos. Faça uso de suportes e organizadores para elevar itens e, assim, ampliar espaços!

O essencial é que a organização da cozinha siga uma proposta. Usar técnicas específicas garante um tempo menor para chegar a bons resultados, já que simplifica toda a etapa. Crie seu próprio planejamento e experimente essas dicas.

5. Apertar ou empilhar objetos no armário

Digamos que você nem tenha jogado as coisas dentro do armário, mas que tenha “organizado” em pilhas para caber. Esse já é um sinal de que você tem mais objetos do que precisa no seu armário de cozinha ou de que a sua organização da cozinha não é eficiente.

Ficou tudo bonito e organizado, mas e na hora que você precisa usar? É prático? E se você estiver com pressa? É assim que você percebe que a organização provisória vai por água abaixo, afinal, para pegar um recipiente que está no fundo do armário da cozinha, você vai acabar bagunçando todo o resto. 

Por isso, se você tiver mais objetos do que o espaço disponível, faça uma análise crítica do que realmente é necessário manter na cozinha e recorra a alternativas, como organizadores aramados para otimizar espaços.

O primeiro passo é separar tudo e depois mensurar qual é a real necessidade para que seus objetos não acabem entulhando e gerando mais bagunça. Inclusive, um erro comum é não pensar em todas as dimensões (laterais, comprimento e altura) e comprar peças que dificultam a abertura e, principalmente, o fechamento das gavetas.

6. Esconder as coisas na despensa

Na despensa, tente organizá-la de um jeito que você consiga identificar de cara o que tem ali. Deixar sua despensa desorganizada, com alimentos escondidos ou pouco visíveis, é um erro que atrapalha o seu dia a dia.

Utilize potes transparentes para armazenar os alimentos secos, como arroz e macarrão, cole etiquetas e deixe os rótulos com data de validade sempre virados para frente. Isso também é uma maneira de evitar o desperdício

7. Não aproveitar todo o potencial de armazenamento

Sabe aqueles espaços embaixo da pia? Ou aqueles cantinhos pouco aproveitados do armário? Não aproveitá-los é um erro que pode desperdiçar muito espaço do seu armário de cozinha.

Combo Organizadores Armário Cozinha 02
Transforme seu armário de cozinha, traga mais espaço e guarde seus utensílios domésticos!

Coloque divisões ou outros tipos de organizadores aramados – use esses espaços para guardar tudo aquilo que você não quer deixar à vista e tem dificuldade de encontrar no dia-a-dia.

Itens essenciais para a organização da cozinha

Ao realizar a organização da cozinha, é indispensável contar com alguns aramados. Além de otimizar espaços, permitem executar as atividades da melhor maneira e deixarão a sua cozinha ainda mais prática e bonita.

Leia também: Como organizar a cozinha: dicas e aramados multifuncionais

  • Armários
Armário aramado kit 37 - Cozinha e despensa média
 Organização prática e inteligente com o Armário Aramado.

O Armário Aramado é ótimo para otimizar a organização da cozinha. Com layout flexível, garante que o espaço seja aproveitado da melhor forma possível. Os aramados para armário também são ventilados e permitem que os itens fiquem sempre arejados, evitando mofo.

Leia também: Como montar um armário aramado gastando pouco

Armário aramado kit 5 - Prateleira multiuso média
As prateleiras ventiladas podem ser ajustadas na largura, assim você não perde espaço, facilitando a instalação!

Dentro dos armários, é possível dispor pratos, copos, panelas, potes, alimentos e outros utensílios. O ideal é que sejam divididos em prateleiras e, se for viável, que tenham gavetas.

  • Lixeiras

A organização da cozinha também tem ligação com limpeza e higiene. Sendo assim, é fundamental contar com elementos certos para o descarte de embalagens e partes que não serão aproveitadas dos alimentos.

As lixeiras cumprem esse papel e devem ter espaço necessário. Também é essencial que sejam duráveis e possam ser limpas sem dificuldades, mantendo o ambiente sempre limpo e organizado.

  • Potes

São grandes auxiliares na organização da cozinha. Eles contribuem para guardar alimentos já preparados, bem como legumes e verduras lavadas. Eles também servem para quem deseja ter uma despensa organizada.

  • Organizadores para armário de cozinha

Quando falamos de organização da cozinha não podemos deixar de citar aqueles organizadores aramados para armário que facilitam muito nossa rotina. Além da praticidade e funcionalidade, eles garantem a otimização de espaços e facilitam a visualização de todos os itens no armário.

  • Suportes

Aramados para pia ajudam a manter tudo no lugar, enquanto alguns modelos de escorredores são ideais para otimizar espaços ao lavar a louça. Você pode usá-los com sabedoria para melhorar a disposição, mas sem comprometer a decoração da cozinha.

  • Fruteiras ou cestos

Esses itens evitam que os alimentos fiquem espalhados e até ajudam a compor o visual da cozinha. A dica é escolher as fruteiras ou cestos com o tamanho adequado para o seu espaço, de modo a potencializar o uso. 

A importância de uma boa organização da cozinha

A cozinha é um espaço que merece atenção redobrada, pois é um dos ambientes onde passamos mais tempo e também um dos mais relevantes quando o assunto é bem-estar. 

Separamos alguns motivos para você por em prática tudo o que foi colocado nesse post, assim você terá motivações extras para realizar as tarefas e poderá aproveitar os ótimos efeitos da organização da cozinha:

  • Higiene
  • Estética
  • Praticidade
  • Conforto
  • Valorização e aproveitamento do local
  • Facilidade para encontrar os utensílios
  • Prevenção de desperdícios
Categoria do post:
Dicas · Cozinha · Inspirações · Organização

Todos os comentários

  • Vocês precisam ir lá em casa arrumar meu armário assim kkkkkkkk Parabéns pelas dicas…..

    Amanda Silvani 9 de fevereiro de 2021 14:47 Responder
  • Esses cestos de parede são ótimo… tenho em casa e super funciona

    Renata 15 de fevereiro de 2021 10:57 Responder
    • Sim, Renata!! São muito funcionais e servem em diversos ambientes 😍

      Aramado.com 26 de fevereiro de 2021 09:54 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *