4 dicas de como acertar ao fazer uma decoração monocromática

4 de abril de 2022
172
Views

Saiba como escolher o estilo de decoração que mais combina com você e transforme sua casa com cores, móveis multifuncionais e objetos decorativos.

Como o próprio nome indica, a decoração monocromática é aquela feita com apenas uma cor. Isso não significa dizer que essa cor será usada sempre na mesma tonalidade, mas sim, que um mesmo matiz será usado em diferentes tons e intensidades. De outro modo, sem essas variações, a decoração se tornaria monótona e cansativa.

Embora usar uma única cor pareça algo capaz de limitar a criatividade, a verdade é que é possível ter milhares de ideias e usar contrastes bastante interessantes. Dá para brincar com a cor e extrair dela toda a beleza que tem a oferecer em suas infinitas nuances.

A essa altura a curiosidade por saber como acertar na decoração monocromática, já deve estar gigantesca, não é verdade? Então, continue lendo, que nos tópicos a seguir contaremos os segredos desse tipo de decoração cheia de charme e estilo. Boa leitura!

1. Use tonalidades diferentes

Um matiz, ou cor, como você preferir chamar, pode variar de acordo com a quantidade “branco” ou luz que ela recebe. Basta pensar no vermelho, que a medida em que vai “ganhando branco” se torna rosa.

Pois é a partir dessa variação de tonalidades de uma mesma cor que se consegue usar a criatividade em uma decoração monocromática. Colocando lado a lado dos tons mais escuros até os mais claros de um mesmo matiz, é possível se criar contrastes incríveis e cheios de charme e elegância.

2. Saiba onde usar os tons mais fortes

Mesas decorativas - Decoração Monocromática

Quando os tons mais claros são predominantes, os mais fortes podem ser usados para destacar certos detalhes do ambiente, ou mesmo, certos objetos de decoração. São esses tons mais intensos que quebram a monotonia e ajudam a fazer parecer que há mais cores do que apenas uma.

Essa proporção, mais tons claros do que escuros, não é uma regra da decoração monocromática. É possível fazer o inverso, ou mesmo, usar todos os tons em uma mesma proporção, ou ainda, trabalhar com um degradê. Tudo depende do projeto e do resultado que se deseja alcançar.

3. Aposte em relevos e padrões

Os relevos e padrões são perfeitos para enfatizar as variações de tons. As tonalidades mais claras quando colocadas à frente das mais escuras dão a sensação de profundidade e são capazes de causar a ilusão de um relevo, como se aquele pedaço mais claro estivesse sendo projetado para fora.

4. Entenda o significado das cores

O significado das cores, assim como as associações fisiológicas que nosso cérebro faz com elas, são de extrema importância na hora de escolher a cor que será usada na sua decoração monocromática.

Por exemplo, cores como o laranja, amarelo e vermelho são cores alegres, mas podem causar uma certa ansiedade e agitação. Não é à toa que grandes marcas ligadas à alimentação utilizam essas cores, pois se diz que causam fome. Poderiam ser usadas na cozinha ou sala de jantar, por exemplo.

Carrinhos Multiuso - Decoração Monocromática

Já o verde, que lembra a natureza, e o azul estão mais associadas à calma, à confiança, à tranquilidade, são perfeitas para uma sala de leitura ou mesmo o quarto de dormir.

O importante é antes de escolher a cor que será usada em cada ambiente, procurar saber qual o seu significado e associação, o que não significa que as tendências não podem ser usadas também.

Como você pôde ver ao longo deste post, a decoração monocromática pode ser feita de modo bem simples, porém cheio de personalidade. Além disso, ela é uma aposta cheia de benefícios, como o da neutralidade e versatilidade, que permitem que você faça certas variações com o tempo, quebrando a rotina e evitando que você se canse da decoração. Desse modo, ela poderá durar muito mais do que os outros estilos.

Agora que você já sabe como acertar na decoração monocromática, que tal saber mais sobre a pintura de meia parede?

Categoria do post:
Dicas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.