Dia Internacional da Mulher: O que é e o que significa!

2 de março de 2022
407
Views

O Dia Internacional da Mulher está chegando! Que tal comemorar em grande estilo? Confira algumas dicas e informações a seguir.

No dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Essa data não foi escolhida aleatoriamente, sendo um símbolo de muita luta, resistência e valentia de um dos grupos mais marginalizados da sociedade.

A luta das mulheres deve, portanto, ser celebrada todos os dias. No entanto, conhecer melhor o dia que representa essas grandes guerreiras é uma responsabilidade da sociedade. E o melhor é que há muitas maneiras de comemorá-lo.

Ainda há um longo caminho a percorrer, mas devemos começar por nós mesmos. Confira algumas dicas a seguir e saiba como surgiu o emblemático dia 8 de março. Boa leitura!

O que é o Dia Internacional da Mulher?

É uma data reconhecida mundialmente como o momento para a celebração das mulheres. A sua origem exata é um pouco incerta, mas o fato é que organizações como as Nações Unidas (ONU) e várias outras reconhecem esse dia como um dos mais importantes para a sociedade.

Uma razão muito difundida para a escolha do dia 8 de março é a ocorrência de incêndios em fábricas de produção de roupas, em 1911. Esse evento realmente aconteceu, mas alguns dias depois — no dia 25/03. Além disso, o dia 8 está relacionado com eventos que aconteceram na Revolução Russa.

Qual é a importância dessa data?

Independentemente da data correta e das razões para a escolha do dia 8 como o Dia Internacional das Mulheres, o motivo da celebração é muito óbvio: reconhecer a luta feminina e homenagear a vida daquelas que perderam a chance de continuar lutando por conta das péssimas condições de trabalho às quais estavam expostas na Revolução Industrial.

Dia Internacional da Mulher

Além disso, essa data é fundamental para que possamos nos lembrar e nos conscientizar cada vez mais sobre o papel da mulher na sociedade. Afinal, estamos falando sobre um grupo marginalizado, que recebe salários inferiores aos homens e sofrem tipos de violência por conta do seu sexo biológico ou gênero de identificação.

Quais são os principais marcos e lutas da história feminina?

O terrível acontecimento que culminou na morte de centenas de operárias, em 1911, não foi o único marco da história das mulheres na sociedade. Alguns outros pontos de destaque são:

  • o direito das brasileiras frequentarem as escolas, em 1827;
  • mulheres agora podem frequentar faculdades, a partir de 1879;
  • o direito ao voto para as mulheres do Brasil, em 1932;
  • a partir de 1974, as mulheres passaram a ter direito aos cartões de créditos em sua titularidade;
  • a criação de uma lei definitiva para a defesa contra a violência à mulher, em 1985, assim como a primeira Delegacia da Mulher.

Como podemos ver, direitos que foram concedidos aos homens desde muito cedo levaram anos para serem estendidos às mulheres. Em alguns lugares do mundo, as meninas ainda não podem escolher com quem se casar ou frequentar a escola. Esse é um assunto que deve ser discutido e mudado!

Como comemorar essa data?

Agora, veremos algumas dicas para celebrar o Dia Internacional da Mulher, seja no dia 8 de março ou em qualquer outra época do ano. Vamos lá?

Dia Internacional da Mulher: Reserve o dia para si mesma

Outra maneira legal de comemorar o Dia Internacional das Mulheres é tirar um dia de folga e dedicá-lo exclusivamente a si mesma! Afinal, as mulheres trabalham muito no dia a dia — muitas vezes em jornadas duplas, se desdobrando entre os afazeres de casa e o trabalho lá fora — e merecem esse mimo!

Dia Internacional da Mulher

Dedique o dia exclusivamente para você. Tudo é válido — um momento de spa (com direito a maquiagem, cuidados com a pele e relaxamento), um cineminha sozinha ou com as amigas ou simplesmente algumas horas largada no sofá.

E lembre-se: isso não precisa ser feito apenas no dia 8. Mas, sempre que possível, se dê ao luxo de tirar um merecido descanso, ok?

Estudar sobre o assunto

Celebrar também é se informar. Então, que tal tirar um tempinho dos seus dias para se educar sobre a história das mulheres e movimentos como o feminismo?

Dia Internacional da Mulher

Ao contrário do que se pode imaginar, o feminismo não é uma corrente que visa excluir os homens ou diminuir os seus direitos. A verdade é que o seu objetivo é apenas fazer com que as mulheres tenham acesso às mesmas oportunidades que eles.

Então, estude sobre o tema, conheça as vertentes e divisões do movimento e se eduque. Alguns meios de fazer isso é:

  • lendo livros sobre o tema, como Para Educar Crianças Feministas, de Chimamanda Ngozi Adichie e O Feminismo é Para Todo Mundo, de Bell Hooks;
  • lendo conteúdos na internet;
  • vendo vídeos sobre o assunto no YouTube e muito mais.

Buscar a evolução e independência

Comemorar o Dia Internacional das Mulheres é, também, honrar aquelas que lutaram para que esse dia fosse implementado e para que, hoje, muitos direitos fizessem parte do dia a dia feminino.

Então, sempre que possível, busque aprender mais e conquistar a própria independência. Atualmente, há muitas alternativas baratas ou que saem completamente de graça, otimizando a sua qualificação.

Uma boa alternativa são os cursos profissionalizantes, que podem ser feitos online ou presencialmente. Verifique opções pela internet ou em órgãos sociais da sua cidade!

Decorar a casa com inspiração na força feminina

Por fim, uma dica imperdível é decorar a sua casa e equipá-la com itens que simbolizem a força feminina. É possível fazer isso com elementos como quadros e pinturas — que podem representar essa causa de forma direta ou indireta — e também com móveis e itens funcionais.

Confira, a seguir, alguns exemplos de peças que podem ser utilizados para trazer uma ideia de força, poder e empoderamento para os cômodos do seu lar:

Essas são apenas uma opção! E, para completar, priorize sempre a compra em lojas que valorizem as mulheres em suas ações cotidianas, com respeito e inclusão.

Gostou de saber mais sobre o Dia Internacional da Mulher? Agora é com você! É hora de trazer a representação da força feminina para o seu dia a dia, celebrando a beleza que é ser uma mulher.

Para isso, que tal conferir o site da Aramado e obter novas ideias de como decorar a sua casa com empoderamento e representatividade? Certamente você encontrará opções que combinem com a sua personalidade, estilo e força!

Categoria do post:
Dicas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.